IMG_0137 (1)

IMG_0138

Tem país na paisagem?, 2017-2018

performance + livro Parque das ruínas

O trabalho conjuga leitura de um texto e projeção de imagens ao vivo. Posteriormente se transformou no livro Parque das ruínas. Foi apresentado em diferentes versões:

 

- Abralic, na UERJ, organização de João Cezar Castro Rocha, setembro de 2016.

- Performance, seminário na PUC-SP, a convite de Maria Rosa Duarte de Oliveira, em 06/12/2017.

- Ciclo Em obras, curadoria de Paloma Vidal, no SESC, Centro de formação e pesquisa, em 17/03/2017.

- Cultura Brasileira Hoje: Diálogos, com organização de Flora Süssekind e Tania Dias, na Casa de Rui Barbosa.

- Casa das Rosas, junho 2019

 

 

resumo:

O trabalho se desdobra a partir de um experimento que reúne fotos e texto, chamado "Diário sentimental da Pont Marie" e da descrição dos filmes e obras de diversos artistas que deram origem à proposta do Diário. A observação da ponte, do tempo passando, e o registro do "infraordinário" vão ser articulados com a crise no Rio de Janeiro, em 2016, época em que o texto foi escrito, notadamente na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, onde foi apresentado pela primeira vez, que estava então passando pela maior crise de sua história. Articulando relatos pessoais com uma pesquisa sobre o processo de criação ao modo de um ensaio, a apresentação conjuga voz e imagem.

vídeo:

[a apresentação abaixo faz parte do depoimento na série Cultura Brasileira Hoje: diálogos, Casa de Rui Barbosa, em 2017.]

versão compacta do texto publicada no jornal Folha de São Paulo, em 13/11/2016:

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Twitter
  • YouTube